• Thyrso Guilarducci

Mestres em Comando

Updated: May 24

15 - Precauções



Bem-vindos Leitoras e Leitores a 15ª Publicação da séria Mestres em Comando na qual são dados prosseguimentos aos temas comportamentais e preventivos aos acidentes de trânsito, principalmente envolvendo os veículos pesados.


O foco também está no reconhecimento de hábitos que em nada contribuem para que as atividades no trânsito sejam pacíficas e com menores riscos. Eu digo menores porque não existe risco zero nem mesmo com veículo estacionado, porém com as devidas precauções, um acidente com veículo dirigido com o máximo da atenção e concentração, dificilmente causará ou sofrerá um acidente. As probabilidades são muito menores.


Retomo os respeito pelos limites. Veículos com superlotação tendem a não se comportar como esperado quando em movimento. Por exemplo, a suspensão fica totalmente comprometida pois está totalmente pressionada pelo peso e não permite as oscilações que estabilizam o veículo. Isso afeta o CG centro de gravidade e com isso a possibilidade de tombamento é maior.


Outro fator com excesso de peso é a direção. Os pneus com peso acima do limite podem não resistir aos esforços, principalmente nas curvas e o estouro de um pneu dianteiro ou traseiro pode desgovernar o veículo e daí resultar numa colisão, tombamento, capotamento etc.

Mesmo com a direção assistida (hidráulica ou elétrica) o motorista talvez não consiga recuperar a trajetória. Isso vale para os veículos de passeio também!


Os freios: com excesso de peso, não funcionarão com a eficiência prevista pelo fabricante do veículo. Isso é fácil de entender: o peso acima do limite provoca um retardamento para alcançar a velocidade de percurso e nas frenagens consome mais espaço devido a massa em deslocamento.

A situação é mais crítica nos declives, pois além do peso total existe ainda a gravidade como fator adicional que resultará em superaquecimento do sistema (discos ou tambores) ao ponto de levantar chamas e incendiar os pneus e o veículo todo.


Mesmo engrenando uma marcha menor para ajudar na redução da velocidade, é possível que o conjunto platô e disco de embreagem não suporte a carga adicional de atrito e altere as molas de atuação. Isso interromperá a tração e o veículo ficará livre dependendo só dos freios.


Excesso de peso danifica o veículo, a via, o ambiente e as vidas!



A imagem acima é um retrato do flagelo na República Centro Africana onde imigrantes tentam a vida em países vizinhos levando consigo algumas roupas e o próprio corpo. Os caminhões transportam essas pessoas amontoadas feito entulhos para as incertezas dos destinos e do próprio percurso como no Deserto do Saara.


Tentar colocar alguma regra numa situação dessas é o mesmo que apaziguar todos os conflitos no Oriente Médio!


Retomando à nossa realidade, abaixo uma constatação do resultado de uma distração ao volante. O fato ocorreu na Rússia: um motorista de caminhão tanque com combustível de aviação colidiu contra a fuselagem de uma aeronave que estava estacionada no pátio.


A cabine do caminhão ficou destruída em sua parte superior e a aeronave sofreu danos menores no nariz, onde estão instaladas as antenas de navegação ILS e o radar meteorológico. Não houve feridos graves, mas os prejuízos com a aeronave foram incalculáveis pelos consertos e pelas horas paradas.

Uma simples distração, uma grande consequência negativa.



Hábitos saudáveis previnem os acidentes e a performance do veículo. As inspeções nos veículos devem ser feitas antes, na viagem e após a chegada. Assim, eventuais falhas encontradas podem ser reparadas antes da próxima viagem que talvez seja um outro motorista.




Ser um bom motorista é ser estratégico.

Ter sempre em mente os possíveis riscos no percurso ou na viagem.



Pedestres e ciclistas - São imprevisíveis. Podem repentinamente invadir a faixa de tráfego e exigir uma rápida mudança ou redução da velocidade. Ciclistas em dupla costumam "bater um papo" enquanto pedalam lado a lado quando ao certo deveriam seguir em fila indiana.

Pedestres usando um celular "esquecem do mundo" e podem ser atropelados facilmente atravessando ou invadindo uma pista.


Sinalização horizontal - São tão importantes como as verticais e semafóricas. Observar as faixas zebradas, as marcações de fluxos entre muitas. Convém lembrar que trafegar sobre as marcas de canalização é infração gravíssima penalizada com multa 3X que equivale a R$ 880,41.


Muitos motoristas ainda não sabem que as cores brancas e amarelas das faixas nas pistas não são por acaso ou vontade do pintor. Elas diferenciam sentido único (brancas) e duplo sentido (amarelas).



Sinalização e semáforos - As sinalizações possuem tipos específicos e são reguladas pelo CONTRAN através de Manuais Técnicos e dividem-se em:


  • Sinalização Vertical de Regulamentação

  • Sinalização Vertical de Advertência

  • Sinalização Vertical de Indicação

  • Sinalização Horizontal

  • Sinalização Semafórica

  • Sinalização Temporária

Uma infinidade de informações estão nesses Manuais contendo cada detalhe da sinalização abordada. Esse assunto pode tornar-se muito extenso e para isso vou publicar após a série em andamento uma publicação apenas sobre a Sinalização.


O importante neste momento é que cada motorista respeite as sinalizações que não estão nos locais por acaso. As autoridades de Trânsito através de sua área técnica e de engenharia estudam os locais necessários para cada uma das sinalizações necessárias, dentro das seis modalidades acima sejam eficazes na prevenção, advertência e orientação. Todas são importantes e ajudam na redução dos acidentes.


O respeito aos semáforos é inquestionável. Avançar o sinal vermelho vai muito além de uma infração gravíssima. Atenta à vida de muitas pessoas! Uma pessoa assustada e apavorada por um veículo avançando no vermelho poderá correr sem prestar atenção ao fluxo e ser atropelada por um veículo que nada tem haver com o episódio!


Outros veículos - Dividir o espaço com outros veículos é uma questão primordial. Qualquer descuido pode levar a um posicionamento crítico e a uma colisão. Muitos motoristas e motociclistas não fazem ideia da dinâmica envolvida na movimentação de um veículo pesado. Na minha opinião isso deveria ser matéria obrigatória nos CFC Centros de Formação de Condutores e nas Bancas dos DETRAN.


Por essa razão, quem dirige um veículo pesado deve sempre estar atento às manobras imprudentes e inseguras por muitos motoristas. Lamentavelmente, até mesmo por colegas profissionais que ao volante de uma carreta cometem abusos e imprudências absurdas nas rodovias e centros urbanos.


Rodovias e condições climáticas - Dirigir um veículo em perfeitas condições por uma pessoa experiente e habilidosa em uma rodovia desimpedida e em excelentes condições de conservação em dia seco com boa iluminação é uma coisa. Imaginar tudo ao oposto, começando por um motorista com pouca prática, uma via congestionada e deficitária, sob chuva e a noite, é um desafio imenso.


Por incrível que pareça, muitos motoristas são postos numa situação dessas sem nenhum preparo com monitor ao seu lado e expõe a si e a todos aos riscos de uma colisão por não possuir o necessário domínio ao longo de muitas horas ao volante.


Quem não se sente seguro para enfrentar situações adversas deve alternar a viagem, pedir apoio ou aguardar uma condição de melhora. Nesse tipo de cenário não existem vagas para "heróis" que podem ocasionar vítimas que incluem o próprio condutor.


ESTRATÉGIAS E EXEMPLOS



Se o motorista do caminhão da imagem acima fizesse uma inspeção no percurso veria que os animais possuem altura superior aos gabaritos dos viadutos, fiação, túneis e sinalizações. Nessa imagem da foto ambos animais morreram com o impacto além de desgovernar o veículo.


As cargas embarcadas afetam significativamente o comportamento do veículo em curvas, aclives, declives, inclinações. Por essas razões são fundamentais os cuidados com cada um desses riscos ajustando a velocidade adequada. Vale lembrar que a velocidade indicada na sinalização pode não ser a apropriada para o veículo com a carga e por isso vir a um tombamento.



Motoristas indecisos







Sobre essa e demais questões estratégicas vamos prosseguir no próximo post.


Obrigado pela leitura.


Um especial agradecimento à Maria Helena, muito competente enfermeira, atuando em Goiânia - GO pela sua mensagem logo abaixo no sentido de proteção às vidas na Campanha Maio Amarelo!


Thyrso Guilarducci




18 views0 comments

Recent Posts

See All