• Thyrso Guilarducci

Acreditar

Updated: Apr 15

Alguns passos necessitam de planejamento, confiança, conhecimento e cabe ainda uma certa dose de coragem!


Bem-vindo!





Assim, nessa esteira dos acontecimentos passados posso me valer para esse momento no qual acredito ser possível lidar com a Segurança no Trânsito. Adotei esse propósito com base nas minhas experiências profissionais por mais de quatro décadas nas atividades com veículos e máquinas e com o mais importante, as pessoas envolvidas nas operações e na gestão.


Comecei a me envolver mais especificamente em 2013 com a realização do Curso de Instrutor de Trânsito credenciado pelo DETRAN/SP. Como possuo habilitação categoria AE minha habilitação como Instrutor abrange todas as demais, tanto teórica como prática para A B C D e E.


No final dos anos 60 eu fui gestor de uma Auto Escola em São Paulo e facilitava eventualmente algumas aulas práticas com um novíssimo Renault Gordini II, na época um avanço no automobilismo, quebrando um pouco a hegemonia dos Fuscas que batiam de 10 x 0 nas demais marcas. Como podem observar, já cultivava o assunto de trânsito naquela época.


Lembro-me que um aluno sonhava ser motorista de ônibus e para obter a então Carteira Profissional, não era tão exigente o aprendizado nem o exame prático que poderia ser feito em um automóvel. Fiquei sensibilizado e para ajudar esse aluno, embarquei num ônibus urbano da Viação Canaã no bairro de Indianópolis em São Paulo e o motorista gentilmente me deixou sentar ao volante no ponto final e copiei cada uma das funções no painel. Ele aproveitou e me explicou o funcionamento do letreiro, das fichas de horários, enfim, ganhei uma aula completa.


O Fiscal se aproximou e perguntou o que eu tinha em mente? Após explicar tudo isso e ele vendo minha Habilitação Profissional, ofereceu para eu conduzir o ônibus do Jardim Miriam até o Centro como se eu fosse um candidato a motorista. Com a supervisão do motorista titular, fui conduzindo o veículo, embarcando e descendo passageiros. Coisas assim que agregaram valor por ensinar.


Voltando a Auto Escola, mostrei o esquema que desenhei do painel e instrumentos do ônibus ao aluno que ficou atento à cada detalhe das minhas explicações. Ele anotou tudo, estudou e andou de ônibus observando como tudo aquilo acontecia e após obter sua CNH conseguiu entrar como cobrador para ambientar-se numa empresa de ônibus e soube depois que passados 6 meses ele conseguiu emprego como motorista.


Claro que nos dias atuais tanto o ensino como a legislação mudaram muito, mas ensinar, quer seja apoiado por meios técnicos modernos ou "no braço", marcam os sentimentos para sempre. Transmitir suas habilidades é uma dádiva!


Imagem crédito: William Bordin http://onibuswilliam.blogspot.com/2015/09/viacao-canaa-ltda.html


Pesquisando o campo de atuação, não me dediquei muito tempo nos CFC - Centros de Formação de Condutores pois meus objetivos são dedicados mais exatamente para condutores já formados e experientes. Isso me propiciou a troca de know how com os motoristas de veículos pesados, não apenas no Brasil, mas com alguns contatos muito interessantes no exterior.


Interessante que quanto mais se aprofunda no tema da segurança com veículos, maiores são as possibilidades diante de tantas variáveis. Pura questão dinâmica, como são dinâmicas as aplicações de algumas leis da física quanto a velocidade, frenagem, pesagem e infinitos argumentos associados.


Com esse entusiasmo, observei que havia espaço de aprendizado e então, voltei ao "Banco da Escola". Concluí o Curso Superior em Segurança no Trânsito e obtive a Láurea Acadêmica pelo bom desempenho.

Acredito que muitas pessoas desconhecem, como eu mesmo desconhecia, a existência de um curso superior para esse campo. Pois há, é envolvente e possui um extenso número de disciplinas, 27 para ser exato e uma extra para satisfazer a carga horária exigida pelo MEC.


Diante dessa formatura e meu histórico prático e teórico nas atividades operacionais em transportes, enfim decidi formar a Consultoria Safethy - A Direção pela Vida. Antes que alguém me aconselhe a estudar a ortografia da língua inglesa, permita-me explicar que se trata de um acrônimo com as palavras Safety (segurança em inglês) com o h existente no meu nome. Pode não ser muito criativo mas filhos feios possuem pais também (rs).


Retomando maiores informações sobre a grade curricular do curso, achei por bem fazer um resumo de cada uma delas e postar aqui nesse blog. Nada mais oportuno dividir isso por uma razão bem simples. A estruturação do curso aborda cada área de impacto no tema central.


Serão posts de uma série intitulada As Disciplinas Acadêmicas seguidas do nome da disciplina abordada. Por exemplo, já publicada, Análise de Dados em Segurança Pública.


Serão posts não sequenciais e intercalados com outros assuntos. As reações e comentários serão bem-vindas para melhoria contínua deste Blog.


Possivelmente incluirei em algum dos futuros posts a algumas informações da minha trajetória e como a paixão pelo Transporte foi e é envolvente.


Agradeço pelas leituras e incentivos.


Um forte abraço


Thyrso Guilarducci


22 views0 comments

Recent Posts

See All