• Thyrso Guilarducci

As disciplinas acadêmicas

Updated: May 4

Análise de Dados em Segurança Pública





Prosseguindo nos resumos das 27 disciplinas integrantes do Curso Superior de Segurança no Trânsito, nesta terceira etapa veremos a Análise de Dados em Segurança Pública tem por objetivo dotar os participantes ao desenvolvimento das análises de dados da Segurança Pública possibilitando assim propiciar o suporte à tomada de decisões das autoridades na condução das Políticas Públicas e por conseguinte a Paz Social.


Mais especificamente, os seguintes temas:


  • Ressaltar a importância da Análise da Segurança Pública;

  • Demonstrar como a função da Estatística contribui para isso;

  • Utilização das tecnologias como suporte;

  • Demonstrar como a apresentação dos resultados contribuem para o entendimento de determinado fenômeno.

Para compreensão dos objetivos e de facilitar a didática, o Programa subdivide-se em cinco unidades as quais tratam os assuntos a seguir:


1) Conceitos de Introdução para a Análise de Dados


Entendimentos dos fundamentos para conhecer os fenômenos, visto que eles estão ligados à algum fato o qual necessita ser entendido objetivamente para controlá-lo.


2) Levantamento e catalogação dos dados


Trabalho que explica o levantamento e a organização de dados para que sejam analisados. Estudos de uma parte fundamental do ciclo de processamento de dados e informações suficientes para desenvolver a análise de dados em Segurança Pública. Detalhes da sucessão de ideias, suportado por analista o qual pode desenvolver um bom exercício em suas funções.


Incluem-se a metodologia e abordagem que orientam os rumos dos estudos. Essas disposições visam maior aprofundamento na análise de dados.


3) Análise Estatística na Segurança Pública


Detalhamento das ferramentas estatísticas uma vez que é necessário que o analista faça referências quantitativas e proporcionais. O propósito nesta parte dos estudos visa esclarecer o trabalho através da estatística descritiva em conjunto de dados, como dados populacionais.


A comparação com as variáveis na análise dos dados aplicando filtros de orientação aos resultados mais corretos reduzem sensivelmente desvios de atuações.


4) Conhecendo o Sistema de Informações Geográficas


Fundamentalmente é a análise espacial dos dados e dos conhecimentos, como por exemplo são realizadas as representações pela cartografia. Estudo para criação de mapas, metodologia para aplicação do sistema de informações geográficas.


Através desses princípios, a Inteligência Policial pode elaborar um mapa da concentração do tráfico de drogas numa cidade ou região, demonstrando assim uma aplicação prática.


Até mesmo as métricas como latitude, longitude, pontos cardeais e orientações são estudados assim como os modelos de projeções utilizadas nas cartas e mapas. Evidentemente alcançando a tecnologia compatível como uso de GPS, drones e equipamentos científicos de alta precisão.


5) As operações das Análises de Dados Apoiadas pela Tecnologia


Nesse campo se conhece a estrutura de relatórios, análise de dados, emprego de tecnologias etc.


Um exemplo de aplicabilidade pode ser visto na hipótese de uma Secretaria ou Ministério solicitar um mapeamento da concentração de congestionamentos viários por região, por horários, sentidos, contagem numérica e estatísticas aplicadas para desencadear um Plano de Ação na melhoria. Quanto economicamente isso impacta, quais os efeitos críticos numa escala de prioridades etc.


Por mais simples que se possa imaginar, esse trabalho demanda análise de conteúdo auditável, principalmente por se tratar de serviço público e que envolve orçamento e controle estatal.


Um resultado prático pela Análise de Dados em essência pode ser considerado o IPEA - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada que entre tantas frentes de controle, demonstra o custo dos acidentes de trânsito no país através de fórmulas matemáticas e pesquisas amplas na sociedade.



Até a próxima disciplina e obrigado pela leitura!


Thyrso Guilarducci



8 views0 comments

Recent Posts

See All